Venda do Novo Banco derrapa para Novembro

05.07.2017

|

Governo

A Venda do Novo Banco, que deveria estar concluída este mês de Julho, afinal só deverá estar concluída em Novembro, anunciou esta quarta-feira o secretário de Estado Adjunto e das Finanças, Mourinho Félix.

Respondendo a perguntas feitas pelo Bloco de Esquerda e pelo PCP, Mourinho Félix explicou que a ideia do Governo é que a venda do banco à Lone Star seja concluída até ao fim do ano, mais especificamente até ao mês de Novembro.

Por enquanto, explica, decorre o processo de troca de obrigações, que será feita durante o Verão. Concluído esse processo, e aceite o plano de negócio, é preciso esperar pela licença para operar.

“A dimensão da restruturação é algo que está em discussão pelo operador”, explica Mourinho Félix, para se saber se o banco vai ser viável. “Se o banco não for viável não pode ter licença para operar, o investidor não tem interesse em investir num banco que não seja viável”.

Segundo o novo calendário apresentado esta quarta-feira, a Comissão Europeia deverá pronunciar-se pela venda, ou não, do Novo Banco à Lone Star até ao dia 17 de Julho.

As perguntas durante a audição foram colocadas ao ministro das Finanças, Mário Centeno, mas este delegou sempre as respostas em Ricardo Mourinho Félix.

Rádio Renascença