Eurovisão: Salvador e Luísa Sobral vão ao Parlamento

18.05.2017

|

Actualidade

Eurovisão: Parlamento vota 6.ª feira saudação pela vitória na presença de Salvador e Luísa Sobral

Lisboa, 18 mai (Lusa) -- O parlamento vai votar na sexta-feira, por proposta do Presidente da Assembleia da República e de todos os grupos parlamentares, uma saudação pela vitória de Portugal no Festival Eurovisão da Canção.
A convite de Ferro Rodrigues, Salvador Sobral e Luísa Sobral -- intérprete e autora da música vencedora, respetivamente -- assistirão à votação, naquele que é o primeiro convite que aceitam desde que ganharam o festival. Também o presidente do Conselho de Administração da RTP, Gonçalo Reis, estará no parlamento.
Depois da votação, segue-se um almoço na Residência Oficial do Presidente da Assembleia da República, estando previstas declarações pelas 14:45.
Salvador Sobral, 27 anos, venceu no sábado o Festival Eurovisão da Canção, em Kiev, com o tema "Amar pelos dois", escrito pela irmã, Luísa Sobral. A visibilidade nacional e internacional do músico surgiu um ano depois de ter editado o álbum de estreia, "Excuse me", marcado pelo jazz e pela pop e com o qual tem andado em digressão pelo país há vários meses.
Segundo a agenda já anunciada, o primeiro concerto de Salvador Sobral depois da vitória no festival acontece no sábado, no Marco de Canavezes, no âmbito do Festival Confluências, com entrada gratuita sujeita à lotação do espaço.
Nascido em Lisboa, em 1989, Salvador Sobral participou, ainda criança, no concurso de talentos "Bravo, Bravíssimo", na SIC, a estação de televisão onde voltaria aos 18 anos, para participar no "Ídolos".
No sábado, ainda em Kiev, nas primeiras declarações depois da vitória, Salvador Sobral disse que "a música não é fogo-de-artifício, é sentimento".

Lusa