Catarina Martins diz que linhas gerais do OE devem ser fechadas "bem antes" das autárquicas

09.05.2017

|

Partidos

- A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) disse hoje que as linhas gerais do Orçamento do Estado (OE) de 2018 devem ser fechadas "bem antes" das autárquicas, em 01 de outubro, e devem centrar-se no investimento no Estado social.
"O BE é da opinião que as traves-mestras do Orçamento do Estado até podem ser acordadas bem antes dessa data [01 de outubro, eleições autárquicas] , e devem ser", declarou a bloquista, questionada pela agência Lusa sobre as negociações para o OE de 2018.
O Governo, vincou Catarina Martins, já apresentou um Programa de Estabilidade a Bruxelas, "que o BE constesta, com metas que não devem ser seguidas", e se já houve trabalho do executivo a nível europeu então "está na altura também de fazer outro trabalho com o parlamento para fazer um Orçamento que possa responder às posições conjuntas" firmadas com BE, PCP e "Os Verdes".
No caso do Bloco, as prioridades são a recuperação de rendimentos, "salários, pensões", e o investimento no Estado social, e nesse campo "a Educação e a Saúde não podem ficar de parte".
Catarina Martins falava à Lusa à margem de uma visita à Escola EB 2+3 de Vialonga, freguesia portuguesa do concelho de Vila Franca de Xira.

Lusa