Gulbenkian desafia hospitais a combater infeção hospitalar

27.03.2015

|

Ciência


Portugal tem uma taxa de infeção hospitalar a rondar os 10,5%, sendo que a média dos países da OCDE situa-se nos 6,5%.
A pensar nisto, a Fundação Gulbenkian lança o desafio: dez hospitais devem reduzir as infeções hospitalares para metade, em três anos.

A propagação da infeção hospital é hoje um foco de preocupação pelos riscos que acarreta de mortalidade para os doentes, ao mesmo tempo que consome muitos recursos e deixa Portugal mal visto nos 'ratings' internacionais.

A iniciativa STOP Infeção Hospitalar! é um dos três "Desafios Gulbenkian' retirados a partir do relatório " Um Futuro para a Saúde - todos temos um papel a desempenhar", apresentado em 2014. 

São doze, os hospitais públicos apurados por concurso que vão assinar o compromisso.
Com o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian, a partir de dia 31 de março têm três anos para cumprir o desafio que lhes foi lançado.

Saiba mais sobre a iniciativa aqui.
Parlamento Global